Você será direcionado para o site que apresenta informações acadêmicas do colégio. O site requer login e senha, caso não possua, fale com a coordenação. Melhor visualizado com o navegador Google Chrome e com o BLOQUEADOR DE POP-UP DESABILITADO.

15

fev

Crianças e a Internet: Até que ponto esta relação é positiva?

Crianças e a Internet: Até que ponto esta relação é positiva?

A tecnologia acompanha as crianças desde o nascimento e provavelmente vai acompanhar por toda a vida.

Está se tornando comum conviver com smartphones, tablets ou computadores desde os primeiros anos de infância. O uso das telinhas tem suas vantagens cognitivas, mas também traz prejuízos para as crianças quando utilizada de forma abusiva.

Há diversos estudos que já provaram que, horas excessivas em frente às telas podem prejudicar a visão, concentração e até desencadear transtornos como hiperatividade.

Uma dica para que os pais permitam que as crianças usem a internet com mais tranquilidade são as ferramentas que limitem o acesso dos filhos a sites perigosos, de conteúdo pornográfico ou ofensivo.

Essas páginas podem abrir até mesmo em forma de vírus, mesmo que o usuário não esteja procurando por este tipo de conteúdo.

Há aplicativos que ajudam a restringir o acesso das crianças já pré instalados em smartphones e tablets que proporcionam mais segurança de uso.

Para o uso em computadores, é possível bloquear páginas indesejadas e fiscalizar os históricos de navegação, mas independentemente da plataforma de uso é importante limitar o tempo de acesso diário a rede.

É importante que as crianças estejam cientes desde cedo dos riscos, mas também de como um comportamento adequado atrás da telinha é fundamental para minimizar situações preocupantes.

Ensine as crianças a importância do respeito! Independente do assunto ser mundo real ou mundo virtual, o respeito deve ter o mesmo valor.

O discernimento sobre o que é certo e errado existe nos dois ambientes, e que estar atrás da tela não nos protege, sempre orientem as crianças a relatarem se virem algo que pareça estranho, errado ou impróprio.

O diálogo é um forte e poderoso aliado para manter uma relação segura das crianças com a internet e também é o segredo para que eles saibam aproveitar o melhor da internet sem sofrer com a contaminação de discussões virtuais, trocas de ofensas e conteúdos desrespeitosos.

Trabalhando de forma conjunta, pais e filhos podem transformar o uso da internet em uma ferramenta educativa.

15

fev

Crianças e a Internet: Até que ponto esta relação é positiva?

Crianças e a Internet: Até que ponto esta relação é positiva?

A tecnologia acompanha as crianças desde o nascimento e provavelmente vai acompanhar por toda a vida.

Está se tornando comum conviver com smartphones, tablets ou computadores desde os primeiros anos de infância. O uso das telinhas tem suas vantagens cognitivas, mas também traz prejuízos para as crianças quando utilizada de forma abusiva.

Há diversos estudos que já provaram que, horas excessivas em frente às telas podem prejudicar a visão, concentração e até desencadear transtornos como hiperatividade.

Uma dica para que os pais permitam que as crianças usem a internet com mais tranquilidade são as ferramentas que limitem o acesso dos filhos a sites perigosos, de conteúdo pornográfico ou ofensivo.

Essas páginas podem abrir até mesmo em forma de vírus, mesmo que o usuário não esteja procurando por este tipo de conteúdo.

Há aplicativos que ajudam a restringir o acesso das crianças já pré instalados em smartphones e tablets que proporcionam mais segurança de uso.

Para o uso em computadores, é possível bloquear páginas indesejadas e fiscalizar os históricos de navegação, mas independentemente da plataforma de uso é importante limitar o tempo de acesso diário a rede.

É importante que as crianças estejam cientes desde cedo dos riscos, mas também de como um comportamento adequado atrás da telinha é fundamental para minimizar situações preocupantes.

Ensine as crianças a importância do respeito! Independente do assunto ser mundo real ou mundo virtual, o respeito deve ter o mesmo valor.

O discernimento sobre o que é certo e errado existe nos dois ambientes, e que estar atrás da tela não nos protege, sempre orientem as crianças a relatarem se virem algo que pareça estranho, errado ou impróprio.

O diálogo é um forte e poderoso aliado para manter uma relação segura das crianças com a internet e também é o segredo para que eles saibam aproveitar o melhor da internet sem sofrer com a contaminação de discussões virtuais, trocas de ofensas e conteúdos desrespeitosos.

Trabalhando de forma conjunta, pais e filhos podem transformar o uso da internet em uma ferramenta educativa.